terça-feira, 18 de junho de 2019

Faxinal - Prefeito Gallo faz balanço da administração na Câmara de Vereadores

Na noite dessa segunda-feira (17) de junho, o prefeito Ylson Alvaro Cantagallo, o “Gallo” esteve na tribuna da Câmara Municipal e fez um balanço da sua administração, como conquistas e avanços que o município obteve nesses dois anos e seis meses de governo. Gallo, ressaltou o trabalho que a prefeitura vem fazendo para que empresas do município possam participar das licitações e gerar renda. Segundo o prefeito, quando assumiu a gestão, o município gastava 70% do orçamento com empresas de fora e hoje, com parceria com o SEBRAE, através da Sala do Empreendedor e um trabalho eficiente da administração, esse custo diminuiu bastante. “Não é ainda o que a gente quer, mas vamos estar lutando para estar colocando nossas empresas em todas as licitações. O que acontece é que convidamos as empresas para participarem das licitações, mas ai, ela está com IPTU atrasado, sem certidão e acaba não podendo participar. Precisamos mudar isso”, frisou.
OBRASO prefeito disse que finalizou todas as obras paradas quando assumiu a gestão, menos a UPA que segundo ele, tem 270 espalhadas pelo Brasil na mesma situação e custa 1,3 (Um milhão e trezentos mil reais) por mês e o FPM de Faxinal é em torno de 1,2 (Um milhão e duzentos mil reais).  “Qualquer um sabe fazer essa conta e ver se viável ou não é, temos planejamento e sabemos o quanto recebemos e certamente o quanto poderemos gastar”, declarou.
ASFALTOAinda sobre o asfalto, Gallo, salientou que vai recapear 70% das ruas da cidade e asfaltar o Jardim Araci e Jardim J. Curi, tudo a fundo perdido, sem custos para o município. “Me questionaram por que não pintei as ruas da cidade. Não pintei pois é jogar dinheiro fora, vamos primeiro estar recapeando essas ruas e ai vamos pintá-las com faixas de pedestres e passarelas elevadas que já estão orçadas junto a esses recursos de recape”, disse.
AMUVI - Para finalizar, Ylson Alvaro Cantagallo que também é presidente da AMUVI (Associação dos Municípios do Vale do Ivaí) falou da Patrulha Rural que a Associação estará lançando no dia 28 de junho em reunião a ser realizada na sua sede em Apucarana, onde os municípios disponibilizarão um maquinário cada um e a Patrulha ficará 5 dias em cada município trabalhando nas estradas rurais sem custos. No projeto, o município só pagará as despesas dos funcionários, e o óleo diesel a AMUVI vai custear.
 Assessoria/Lobão
Fonte: fotos/Assessoria Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário