sábado, 3 de agosto de 2019

Polícia Rodoviária Federal prende deficiente que carregava ecstasy nas pernas

Homem de 56 anos estava em ônibus e transportava a droga presa nas pernas, com fita adesiva. Ele foi preso por tráfico de drogas
A Polícia Rodoviária Federal (PRF), prendeu um passageiro de ônibus nesta quarta (31), que carregava 2,6 quilos de substâncias análogas à drogas presos às pernas, em Santa Terezinha de Itaipu (PR). Por volta das 13 horas, agentes da PRF abordaram um ônibus de passageiros na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu, que saiu de Foz do Iguaçu (PR) com destino a Londrina (PR). Em vistoria no ônibus, encontraram, com um dos passageiros, um homem de 56 anos, dois invólucros plásticos envoltos nas pernas, contendo uma substância análoga à droga. Depois de retirados os pacotes e encaminhados para a Polícia Federal em Foz do Iguaçu, verificaram que se tratavam de um tipo de pó e alguns cristais. Segundo a perícia, os cristais são de anfetamina, conhecida vulgarmente como ecstasy, mas desconfia-se que seja de um novo tipo de droga, conhecida como “champanhe rosa”, que seria uma versão da anfetamina, só que mais forte. Ela é vendida na forma de cristais, o que torna mais difícil para o usuário de droga medir a dose que está consumindo. O pó ainda não havia sido identificado até o fechamento desta matéria. Diante dos fatos, o homem, que é deficiente físico, foi detido e conduzido para a Polícia Federal em Foz do Iguaçu para o registro do crime de tráfico de drogas, que tem uma pena máxima de 15 anos de prisão. 
Texto: Maciel Jr / Agência PRF

Nenhum comentário:

Postar um comentário